Vee e Wiz Saúde fazem parceria ampliando oferta de benefícios flexíveis

Tempo de leitura: 3 min
Em tempos de pandemia, benefícios flexíveis são a resposta. Por isso a Vee e a Wiz saúde se uniram.

A maneira com a que nos relacionamos com os nossos empregos vem mudando nos últimos anos. Cada vez mais as pessoas buscam ambientes de trabalho nos quais possam equilibrar sua vida, alinhados com os seus princípios e valores éticos e que atendam os seus anseios. Para atrair estes profissionais, as empresas buscam as melhores soluções e práticas mais atuais: horários alternativos, home office algumas vezes na semana e benefícios flexíveis, entre outros.

A pandemia de Covid-19 não criou, mas acelerou essas transformações. De repente, a gestão remota já não é mais uma alternativa, mas obrigatório. As pessoas se viram questionando os benefícios que recebem dos seus empregadores. O que fazer com um vale-refeição se não temos restaurantes? O mesmo vale também para descontos em academias, por exemplo, que permanecem fechadas.

Foi pensando nisso que a Vee Benefícios e a Wiz Saúde, unidade de negócio do conglomerado Wiz, especializada na gestão de benefícios de plano de saúde, odontológico e seguro de vida em grupo, criaram uma nova parceria. O objetivo é levar benefícios flexíveis e atender de forma criativa e inovadora as novas necessidades e exigências do RH das empresas.

“Esse trabalho em conjunto com a Wiz vai potencializar o nosso canal de vendas, oferecendo a solução fundamental para quem precisa entregar valor e se posicionar ao lado de seus colaboradores no atual momento em que vivemos”, explicou Raphael Machioni, CEO da Vee.

O anúncio foi feito em uma live na última terça-feira (16 de junho). Participaram dessa transmissão Francesca Bianco, diretora-executiva da Wiz Soluções; Raphael Machioni, CEO da Vee Benefícios; Marcelo Nobrega, conselheiro Vee e especialista em Gestão e RH; e Eduardo Gouveia, conselheiro Vee e especialista em loyalty, benefícios e meios de pagamento.

Reveja a live da Vee Benefícios com a Wiz Saúde:

A pandemia e o confinamento exigem que as empresas se adaptem a uma nova realidade sem volta atrás: as mudanças que estão acontecendo agora não voltarão ao seu estágio anterior.

“A crise deste momento é a hora do RH brilhar. Nas outras crises brilharam os times Financeiros, de Supply Chain. Agora os Recursos Humanos estão no meio disso”, explicou durante a live Marcelo Nobrega. “Essa preocupação com o bem estar físico e emocional das pessoas é o domínio de recursos humanos. Como ajudar as pessoas e os líderes a continuar com uma dinâmica boa de trabalho?”

Uma das maneiras de se ajudar os colaboradores é oferecendo a eles a flexibilidade nos benefícios e, consequentemente, a liberdade para gerenciar o que recebem de acordo com as suas necessidades e desejos individuais, como explicou durante a live Eduardo Gouveia.

“O ‘one size fits all’ já não funciona. Cada vez mais é necessário ter funcionalidade de poder escolher os benefícios que funcionam pra você. É preciso de ferramentas que individualizam a relação do RH com o funcionário”.

Diretora-Executiva da Wiz Soluções, Francesca Bianco também falou sobre a importância se enxergar cada um dos colaboradores separadamente e a atenção à saúde emocional e física, sobretudo no momento em que vivemos.

“A gente precisa gerar bem estar e influenciar aspectos em que as pessoas se sintam bem física e emocionalmente. Com a parceria com a Vee conseguimos dar essa flexibilidade e atender uma necessidade: eu dou autonomia e poder de escolha (ao colaborador), o que o engaja, e consequentemente ajuda o RH.”

Juntas, a Vee e a Wiz Saúde têm potencial de levar a solução de benefícios flexíveis a um número maior de empresas, atendendo as necessidades das pequenas e médias companhias.

Conheça algumas vantagens de ter benefícios flexíveis na sua empresa

Empoderamento do colaborador

Ao ter suas necessidades individuais respeitadas, as pessoas se sentem mais valorizadas e funcionários felizes apresentam resultados melhores, como apontam pesquisas.

Além disso, quando os colaboradores estão mais satisfeitos com o ambiente de trabalho, aumenta a taxa de retenção do time e a rotatividade, uma das maiores dores de cabeça para as empresas na atualidade, é mitigada.

Facilidade na gestão de benefícios

No modelo mais tradicional, quando uma empresa quer oferecer diferentes benefícios para os seus funcionários, ela acaba tendo uma infinidade de fornecedores. Com isso, o time de recursos humanos acaba perdendo muito tempo apenas para gerenciar diferentes sistemas. Tempo que poderia ser investido em projetos mais relevantes para a saúde organizacional.

Antecipação a crises

Empresas com benefícios flexíveis não precisaram se preocupar em adaptar os benefícios do seu time quando o Brasil entrou em quarentena, afinal as pessoas puderam redirecionar os seus gastos sozinhas, sem a necessidade de auxílio do RH.

Quer saber como a Vee pode ajudar a sua empresa a entrar na era dos benefícios flexíveis? Entre em contato com o nosso time clicando aqui.

Gostou? Compartilhe

Como a Vee ajuda as empresas a implementar uma política de benefícios flexíveis

Tempo de leitura: 8 min
Saiba como a Vee ajuda sua empresa a compor seu mix de benefícios flexíveis

Os gestores de Recursos Humanos tem hoje o desafio de lidar com o fator humano sob uma nova perspectiva. As pessoas deixaram de ser apenas mais um número somando forças para os resultados. Hoje, muitas empresas enxergam seus colaboradores como o principal ativo empresarial.

E essa linha de pensamento faz sentido, afinal, quem gera os lucros e fornece base para o crescimento do volume de negócios são os funcionários. E se eles não recebem da empresa o devido reconhecimento, é natural que busquem outros desafios. 

A competição nos nichos de mercado não se reduz ao market share. Empresas competem pelos melhores colaboradores, buscando formas de atrair e reter os principais talentos do mercado. E as técnicas de atração vão muito além de um bom salário. 

É cada vez mais visível a procura por benefícios empresariais. A relação entre employee experience (EX) e os resultados corporativos está cada vez mais evidente. De acordo com uma pesquisa global realizada pelo LinkedIn48% dos talentos consultados disseram que suas empresas precisam otimizar os benefícios oferecidos. 

Esse dado é bastante preocupante para as organizações que pretendem reduzir o turnover e reter seus talentos. E o cenário se completa com outra estatística importante: companhias que receberam notas máximas em relação aos benefícios oferecidos aos empregados tiveram 56% menos atritos e problemas com colaboradores.

Como os benefícios encaixam nessa história?

Pesquisas como essa salientam algo que está cada vez mais evidente no mercado de trabalho: os benefícios são ferramentas para otimizar o clima e saúde organizacional . Eles funcionam como fator de motivação e engajamento dos colaboradores e são importantes na tomada de decisão de um trabalhador em relação à sua saída ou permanência. 

Mas não se engane. Ao mencionar benefícios, a busca do trabalhador não é pelo mix básico “VR ou VA, VT e Plano de Saúde”. O modelo de benefícios flexíveis se apresenta como uma solução de maior impacto na employee experience e na retenção de talentos.

Este conteúdo tem como finalidade discutir a importância dos benefícios flexíveis e seus impactos corporativos. A análise se divide em três tópicos:

  1. A importância dos benefícios flexíveis;
  2. Sua funcionalidade para a rotina dos colaboradores;
  3. Como a Vee opera junto às empresas para compor o mix ideal de benefícios.

Na parte final, veja como a Vee se posiciona como agente viabilizador da estruturação de um modelo de benefícios flexíveis, geridos digitalmente pelos empregados e com um modelo de gerenciamento descomplicado e benéfico para as operações do setor de Recursos Humanos.

Boa leitura!

A importância dos benefícios flexíveis no contexto atual de mercado

De acordo com pesquisa feita pela Society of Human Resources Management, ao final de 2018, 34% das empresas consultadas melhoraram seus planos de benefícios. As principais razões para essas mudanças foram:

  • Retenção de empregados (72%);
  • Atração de novos talentos (58%);
  • Resposta ao feedback dos funcionários (54%).

Esse tipo de cenário indica que os benefícios se destacam como um fator essencial para a satisfação dos empregados e como isca para atrair talentos. E soma-se aqui a importância da escolha, a liberdade de uso desses benefícios, que é uma realidade construída com base em um modelo flexível.

Dar aos colaboradores a possibilidade de escolher seu pacote de benefícios amplia a satisfação e também a percepção deles perante o empregador. Isso gera impactos positivos no clima interno e na capacidade de retenção de talentos e redução de turnover.

Além disso, a adoção de um modelo de benefícios flexíveis tem impacto nos processos seletivos. Uma empresa que valoriza seus empregados e oferece aquilo que eles precisam, irá atrair a atenção do mercado de trabalho e, com isso, aumenta as chances de captar pessoas de valor e com trabalho qualificado. 

A solução para respeitar a diversidade empresarial

Aqui entra uma reflexão bastante pertinente. Por mais que a empresa tenha que zelar pela igualdade, a adoção de um modelo flexível concede liberdade de escolha e respeita a diversidade. 

Atualmente, temos três gerações distintas trabalhando em conjunto. Baby Boomers, a Geração X e os Millenials. Com uma força de trabalho tão heterogênea e com valores que, em muitos casos, são bem distintos e até mesmo conflitantes, como estabelecer uma política de benefícios fixos capaz de satisfazer a todos?

As necessidades individuais são mais respeitadas em um modelo flexível de distribuição de benefícios. Isso garante que, independentemente das escolhas de cada um, a empresa cumpre seu papel de valorização da força de trabalho e reconhecimento pela sua dedicação.

Funcionários satisfeitos, produção otimizada

Os desdobramentos da adoção de uma política de gestão de recursos humanos com foco na satisfação dos empregados vão além da captação de talentos e redução da rotatividade de funcionários.

Funcionários satisfeitos com seus salários e benefícios reconhecem a importância da empresa em suas vidas e, por consequência, executam suas demandas com foco em produtividade e melhoria de desempenho. (Veja o post sobre porque funcionários felizes são bons para a sua empresa e investidores).

Modernização e inovação em sinergia com o restante do mundo corporativo

Junto com todos esses fatores, encontra-se também a mudança da visão global sobre as relações de trabalho.

O modelo de benefícios flexíveis já é uma realidade em diversos países e está se tornando uma realidade em território brasileiro com um formato adequado às normas. 

Essas mudanças beneficiam as empresas de todos os portes e nacionalidades, mas têm impacto ainda maior nas corporações multinacionais, que podem adotar, no Brasil, as políticas estabelecidas em suas respectivas sedes. Essa sinergia de operações é fundamental para respeitar os valores empresariais.

A política da flexibilidade também transmite ao mercado a imagem de uma empresa moderna, que está em sintonia com as principais tendências corporativas.

Em suma, podemos destacar que os principais ganhos com a adoção dos benefícios flexíveis são:

  1. Melhoria da employee experience 
  2. Aumento da retenção de empregados, nos resultados corporativos e na redução do turnover;
  3. Aumento da capacidade de atração de talentos;
  4. Mudança de comportamento corporativo e aumento da percepção do valor dos benefícios;
  5. Incremento da remuneração indireta;
  6. Possibilidade de utilizar a política de benefícios para se posicionar como empresa inovadora, atenta às mudanças do mercado;

A funcionalidade dos benefícios flexíveis para a rotina dos colaboradores

No tópico anterior, foram abordados os impactos positivos que a adoção de uma política de benefícios flexíveis traz para as empresas e, por consequência, para seus funcionários.

Apesar do destaque em fatores como melhoria no clima organizacional e retenção de talentos, o que realmente pesa – na perspectiva do colaborador – é usufruir do benefício.

Quando empresas adotam benefícios fixos, só existem duas opções: abdicar de receber aqueles que não interessam (quando possível) ou recebê-los e buscar formas de utilização. Um plano fixo não leva em conta a percepção de valor e as necessidades dos colaboradores, apenas cumpre com as obrigações trabalhistas.

Um outro erro bastante comum envolve os convênios e parcerias. Muitas vezes, eles são feitos com base nos interesses de um pequeno grupo de gestores, e não com foco no que o colaborador quer ou precisa. Um bom exemplo é possuir um convênio de estacionamento para o colaborador que não tem carro.

Isso reduz os aspectos positivos da experiência do empregado e cria momentos de insatisfação, mesmo quando a empresa oferece um bom salário e uma boa infraestrutura.

Os benefícios devem ser úteis e aplicáveis à realidade da maioria dos colaboradores, por isso é tão importante pensar em benefícios flexíveis, já que agradar a todos com um plano fixo de benefícios é algo desafiador. 

Um mix completo de benefícios flexíveis entrega aos colaboradores liberdade de uso e a possibilidade de gerenciar seus benefícios da forma mais adequada. 

De acordo com dados levantados pela nossa equipe, 20% das pessoas consultadas consideram os benefícios como fator essencial para sua continuidade em uma empresa e 39% vendem parte ou todos os seus benefícios. 

Essas duas estatísticas apontam para algo preocupante: os benefícios são importantes, mas o que é entregue não está atendendo às necessidades. Por essa razão, um pacote flexível surge como a solução para dar liberdade de escolha, autonomia, satisfação e reconhecimento. 

Como a Vee Benefícios opera junto às empresas para compor o mix ideal de benefícios?

Nosso trabalho compreende a diversidade de pensamentos e necessidades das empresas e de seus colaboradores.

A flexibilidade adotada para as pessoas é princípio básico no desenvolvimento de planos para as empresas. Se elas querem dar opções aos colaboradores, parte de nós o oferecimento de opções para as empresas comporem seu mix de benefícios.

Seria incoerente permitir flexibilidade para o colaborador e não para a empresa. Por isso, temos como preceito de nossas operações:

  • O respeito à filosofia de cada organização e seus valores;
  • Oferecimento de soluções personalizadas de acordo com as necessidades mapeadas pelo setor de Recursos Humanos de nossos clientes;
  • Construção de um mix sólido de benefícios com capacidade para impactar positivamente a employee experience da empresas e seu potencial de retenção de pessoas e captação de talentos.

A Vee Benefícios se ajusta às necessidades dos clientes. Isso ocorre pois os dados de mercado apontam para uma diversificação bem grande dos pacotes de benefícios elaboradores pelas empresas de todo o Brasil.

Nossa missão é compreender quais são os benefícios ofertados atualmente e, a partir desse conhecimento, traçamos um plano estratégico com a finalidade de compreender dentro do plano flexível tudo aquilo que a instituição entende como indispensável e funcional para seus colaboradores.

A orientação de nosso modelo operacional vai ao encontro do perfil da empresa e as necessidades do gestor de RH. Os benefícios oferecidos são disponibilizados em três soluções diferentes:

  1. FlexFood, sendo relacionado a utilização do Vale Refeição e Vale Alimentação, seguindo a exigência do PAT – Programa de Alimentação do Trabalhador;
  2. Flex Utilidade, aceito em supermercados e em uma ampla gama de estabelecimentos comerciais e até mesmo aplicativos;
  3. Vee for You, que garante a possibilidade de saque, facilitando empresas que precisam fazer muitos reembolsos aos colaboradores.

Em termos administrativos, a Vee opera para facilitar o controle e gerenciamento dos benefícios. Nosso foco é em duas frentes:

  1. Qualidade da oferta ao colaborador;
  2. Praticidade da gestão interna dos benefícios.

Personalização do pacote de benefícios flexíveis para sua empresa

A orientação de trabalho da Vee respeita a individualidade das instituições e seu entendimento sobre os benefícios. Isso é essencial, ainda mais sabendo que as categorias profissionais têm regras variadas para os benefícios corporativos. 

Em princípio, oferecemos uma pool de parcerias, como redes de lojas para descontos, academias, descontos em viagens e saúde mental. A empresa tem liberdade de determinar tanto os benefícios que pretende oferecer como a forma de contratação de cada um. 

Nenhum contrato é igual ao outro. A total personalização é a nossa premissa de trabalho e foi a forma escolhida por nós para dar às empresas a solução ideal para gerenciamento e oferecimento de benefícios flexíveis.

A nossa solução é mais do que um plano de benefícios flexíveis, atuando também como uma carteira digital. Com isso, o colaborador ganha facilidade de manejo e administração dos seus benefícios, e a empresa ganha simplicidade no controle e distribuição.

É dessa forma que a Vee Benefícios atua ao lado das instituições, fornecendo facilidade gerencial e diversidade de opções. A partir do detalhamento da necessidade do cliente, partimos para a ação e desenvolvimento do mix ideal de benefícios flexíveis.

Deixe a Vee Benefícios fazer parte da transformação e modernização da sua empresa! Conheça mais sobre nossa atuação no desenvolvimento dos planos flexíveis e faça com que a sua empresa adote a mesma política de benefícios que é implementada nas empresas de destaque do Brasil e do mundo.


Permita-nos ser o agente viabilizador de mudanças importantes na sua estrutura corporativa. Clique aqui e agende uma reunião de apresentação agora mesmo!

Gostou? Compartilhe

Por que a Vee é sua melhor opção quando falamos de benefícios flexíveis?

Tempo de leitura: 4 min
A  Vee é sua melhor opção quando falamos de benefícios flexíveis?

A gestão de pessoas é um grande desafio corporativo. Empresas preocupadas com seu desempenho sabem que os colaboradores representam um importante ativo no negócio, eles são o motor que geram os resultados.  Por essa razão, as instituições buscam formas de gratificar seus funcionários, e isso é feito ao oferecer um salário condizente com o mercado e benefícios empresariais de qualidade. Daí surgem os benefícios flexíveis.

A grande questão é que quando os benefícios não são bem aproveitados pelas pessoas, aquilo que deveria ser uma solução se torna um problema. Para evitar este cenário, cabe ao gestor de Recursos Humanos buscar parcerias e firmar contratos para que seja possível oferecer à base de trabalhadores um mix de benefícios flexíveis atrativos e efetivamente úteis. 

No post de hoje, vamos apresentar a importância de flexibilizar os benefícios e por que a Vee se apresenta como a melhor opção para sua empresa!

Como a Vee Benefícios age para ser a solução ideal em termos de benefícios flexíveis

Tudo começa com a nossa forma de pensar sobre os benefícios empresariais. Sabemos da sua importância, tanto para o colaborador quanto para o negócio. Mais do que apenas um “pagamento” pelos serviços prestados, os benefícios são um fator estratégico para atração e retenção. 

Diante disso, a Vee Benefícios atua em aspectos-chave essenciais para ampliar o valor percebido pelos colaboradores em relação aos benefícios. Veja quais são eles a seguir!

Poder de escolha

O primeiro ponto age diretamente na percepção de valor dos funcionários sobre os benefícios oferecidos. A Vee é uma solução de benefícios que dá ao colaborador total liberdade de escolha sobre a forma de uso do seu saldo. Além disso, traz mais flexibilidade para o gestor de Recursos Humanos.

Isso gera um impacto positivo na percepção sobre os benefícios corporativos. O funcionário é empoderado, usa seu saldo como quer e percebe que a empresa está preocupada em oferecer subsídios para que ele usufrua de seus benefícios da maneira que achar melhor.

Flexibilidade de uso

O mix de benefícios garante poder de escolha e também a possibilidade de flexibilizar o uso de acordo com as necessidades.

Vamos ao exemplo da alimentação. A flexibilidade permite que o funcionário utilize seu benefício em restaurantes ou no mercado, dando fim à imposição de uma escolha “fixa” entre Vale Alimentação e Vale Refeição.

Com isso, o colaborador determina a melhor forma de consumir seu saldo, utilizando-o de acordo com a necessidade do momento, e sabendo que, caso a de hoje seja diferente amanhã, seus benefícios continuam sendo funcionais e úteis para sua rotina. 

Benefícios para o setor de Recursos Humanos

Os impactos da adoção do modelo de benefícios flexíveis da Vee não se restringe aos colaboradores. A rotina de trabalho dos profissionais do setor de Recursos Humanos também sofrem mudanças positivas.

O primeiro aspecto tem relação com o gerenciamento. A adoção da carteira de benefícios flex gera economia de tempo e praticidade para o RH gerenciar os benefícios e saldos de cada colaborador.

O modelo flexível também auxilia na conciliação dos interesses dos colaboradores com a visão da empresa. Com mais opções em mãos, há mais probabilidade de encontrar um denominador comum em relação aos benefícios, respeitando os interesses corporativos, a legislação trabalhista e as necessidades dos colaboradores. 

E não podemos deixar de falar do poder de atração e retenção de talentos. Um bom mix de benefícios é convidativo para os colaboradores, e vai ter um peso significativo na sua tomada de decisão no momento de escolher onde trabalhar ou procurar um novo local de trabalho.

Checklist rápido: Como adotar um modelo de benefícios flexíveis?

Agora, vamos a um passo a passo para que você compreenda como a Vee Benefícios se posiciona para solucionar as dores da sua empresa em relação aos benefícios oferecidos aos colaboradores:

  1. O primeiro ponto é analisar o modelo de benefícios adotado atualmente e qual modelo é aplicado;
  2. Em seguida, o gestor de RH pode mapear os desejos dos colaboradores e as expectativas deles em relação aos benefícios empresariais;
  3. Com isso em mãos, a equipe da Vee Benefícios analisa o perfil empresarial, as necessidades corporativas e o budget alocado para benefícios corporativos;
  4. Isso servirá de base para nossa proposta. Nela estará contido nosso plano ideal de benefícios flexíveis de acordo com as características da empresa;
  5. Fechada a proposta, a empresa dá início à adoção do modelo de benefícios flexíveis, e os efeitos de sua aplicação já são sentidos logo no primeiro mês (tanto para o gestor de RH quanto para os colaboradores);
  6. Ao longo do tempo, o setor de Recursos Humanos pode analisar o modelo adotado e efetuar, junto à nossa equipe, as adequações. Assim, o mix de benefícios é totalmente alinhado com as necessidades da empresa.

Para entender mais sobre o nosso processo de análise das necessidades empresariais, elaboração do mix de benefícios e estruturação do plano ideal para sua empresa, entre em contato com nossos representantes.  Agende uma reunião com a equipe de atendimento agora mesmo!

Venha conhecer a Vee e descubra como nos posicionamos para gerar impactos positivos na gestão dos benefícios corporativos!

Gostou? Compartilhe

Porque a Síndrome de Burnout afeta tanto as pessoas e as empresas

Tempo de leitura: 4 min
Entenda porque a Síndrome de Burnout tem afetado tanto as pessoas e, consequentemente, as empresas

Síndrome de Burnout é uma doença que traz diversos malefícios para os colaboradores e prejudicam sua saúde, podendo causar até depressão. Com isso, é um ponto de atenção importante para o gestor de RH.

Apesar de não ser algo novo, já que os primeiros registros da doença são datados dos anos 70, a Síndrome de Burnout está em evidência. Vivemos um momento de reconsideração sobre as relações de trabalho e a saúde dos colaboradores. Por isso, o tema se tornou tão discutido nos últimos anos.

Os seus impactos não afetam apenas somente as pessoas, mas também as organizações em que elas trabalham e o ambiente corporativo. Isso gera um ponto de atenção importante para os gestores de equipe e líderes de RH.

Como ser mais produtivo no Home Office

Neste artigo, vamos discutir mais sobre a Síndrome de Burnout e seus desdobramentos corporativos e pessoais. Boa leitura!

O que é Síndrome de Burnout?

A Síndrome de Burnout, também conhecida como Síndrome do Esgotamento Profissional, é um distúrbio emocional que tem como principais sintomas a exaustão mental, elevação dos níveis de estresse e esgotamento físico.

Junto com um quadro de cansaço e irritação, é possível desenvolver outros sintomas, como:

  • Dores de cabeça frequentes;
  • Alterações no apetite;
  • Insônia;
  • Dificuldades de concentração;
  • Fadiga;
  • Alterações da pressão arterial;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Alterações repentinas de humor.

Os sintomas surgem devido às situações de trabalho desgastantes, especialmente quando há competitividade, pressão e responsabilidade em excesso. O acúmulo de horas de trabalho e a falta de descanso adequado se destacam como os principais gatilhos da Síndrome de Burnout. 

Além dos sintomas físicos e mentais mencionados acima, a síndrome pode acarretar em um estado de depressão profunda.  E isso demanda acompanhamento psicológico e psiquiátrico, além de uso de remédios controlados em alguns casos.

A Organização Mundial da Saúde passou a considerar a Síndrome de Burnout como doença a partir de 2019 e este é um assunto muito discutido desde então.  Estima-se que 30% dos mais de 100 milhões de brasileiros economicamente ativos enfrentam ou já enfrentaram a doença em algum momento de suas carreiras. Os dados foram compilados pela International Stress Management Association.

Quais os riscos da Síndrome de Burnout para empresas e pessoas?

As empresas precisam considerar seus colaboradores como seus principais ativos. São eles os responsáveis por gerar produtividade e fazer com que a organização ganhe notoriedade no mercado e gere bons resultados.

As empresas costumam criar programas para cuidar da saúde e evitar problemas físicos, como a LER, contudo, a saúde mental também deve ser ponto de atenção empresarial. A cultura de trabalho adotada mundialmente tem elevado os níveis de estresse a pontos inimagináveis.

Para se ter ideia, já existe um termo no Japão para designar pessoas que morrem de tanto trabalhar. O karoshi está se solidificando como uma causa de mortalidade real na sociedade japonesa. São situações como essa que demonstram que a preocupação corporativa deve ir além das ginásticas laborais e pausas obrigatórias para descanso.

É necessário olhar para a cultura da organização, a forma como as relações de trabalho são estabelecidas e como está a saúde organizacional da sua empresa, especialmente sobre a questão de horas extras de trabalho.  Por isso, é preciso pensar que empregados estressados e sem qualidade em sua rotina trazem diversos problemas como afastamentos, necessidade de substituição profissional e pior no clima organizacional.

Tudo isso impacta na rotina e na produtividade das empresas. No caso do clima organizacional, isso é ainda mais evidente. Pense bem, quem gosta de trabalhar em um setor sabendo que seu companheiro de trabalho entrou em estado de fadiga completa? 

A empresa também precisa pensar nos talentos, em como retê-los e atrair novos. Perder bons profissionais por conta da Síndrome de Burnout é uma grande falha corporativa. Afinal, um colaborador de alto potencial produtivo fica inelegível para o trabalho, e pode ser difícil recuperá-lo. 

É por isso que, ao contrário desse cenário, funcionários felizes são bons para o seu negócio! 

Fique atento aos sinais da Síndrome de Burnout

Líderes de equipe e profissionais de RH podem se atentar a alguns sinais de que a Síndrome de Burnout está se tornando palpável na vida de um profissional. São eles:

  1. Ausências no trabalho;
  2. Queda na produtividade;
  3. Dificuldade de relacionamento com os colegas, especialmente as lideranças;
  4. Distanciamento das pessoas e das atividades de trabalho;
  5. Problemas emocionais (irritações espontâneas, crises de choro, etc)

E não são apenas os gestores e o RH que precisam ficar atentos. Todos, inclusive os chefes, precisam analisar suas rotinas com cuidado e procurar um médico ou psicólogo caso haja surgimento de sintomas ou agravamento da sua condição psicológica.

Zenklub e Vee Benefícios: trabalhando juntos contra o Burnout!

Zenklub é uma parceria da Vee Benefícios que pode ser contratada pela empresa ou pelo colaborador. É uma plataforma digital com o objetivo de melhorar e transformar a saúde emocional corporativa. Com ela, você pode para realizar consultas com especialistas via internet, que irão auxiliar no bem-estar emocional e desenvolvimento pessoal.

A terapia via web está se tornando cada vez mais comum, ajudando muitas pessoas a dar continuidade a seus tratamentos e busca por uma rotina onde a saúde mental está sempre em evidência.

Temos um post contando um pouco mais sobre flexibilidade e saúde emocional! Confira aqui

Afinal, ao se falar de benefícios flexíveis, é importante que eles sejam diversificados o suficiente para atender as necessidades dos colaboradores, e isso inclui saúde mental!

Conheça mais sobre a parceria com o Zenklub. Então entre em contato com a Vee Benefícios e descubra como a carteira de benefícios digital desenvolvida pela nossa equipe contempla a busca por qualidade de vida e redução do estresse corporativo!

Gostou? Compartilhe

A importância de incluir atividades físicas no ambiente de trabalho

Tempo de leitura: 3 min
A importância de incluir atividades físicas no ambiente de trabalho

A inserção de atividades físicas no ambiente de trabalho pode trazer diversos benefícios para a produtividade dos colaboradores e o engajamento com a empresa. Por isso, deve ser uma preocupação importante dos gestores de RH. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, os adultos entre 18 e 64 anos de idade devem praticar, no mínimo, 150 minutos de atividade física de intensidade moderada por semana.

Não parece tão difícil inserir duas horas e meia de exercícios na agenda semanal, certo? Cinquenta minutos por três dias e pronto. A teoria é muito simples, já a prática…

Com uma rotina repleta de compromissos, cerca de 47% dos adultos brasileiros são sedentários. A OMS ainda afirma que a inatividade física afeta cerca 1,4 bilhão de pessoas ao redor do planeta. Esses números são alarmantes e acendem mais uma vez o alerta para a importância de incluir atividades físicas no ambiente de trabalho. 

Neste artigo, vamos trazer uma reflexão sobre o tema. Fica ligado e veja como essa ação pode beneficiar o ambiente de trabalho e impactar até mesmo nos resultados!

Guia de gestão de benefícios para empresas

Por que atividade física é importante para a saúde?

A rotina de muitos profissionais é bastante apertada em termos de horário. Colaboradores precisam dividir seu tempo para dar conta do trabalho e da sua vida social. Com um regime com 8 horas de trabalho – e presumindo que outras 7 ou 8 horas serão gastas com sono – restam outras 8 horas para dar conta de muita coisa! Em resumo: corpo e mente são afetados.

Com tantos compromissos, é comum que muita gente só pense em descansar quando sobra um tempinho. Porém, se exercitar faz parte de uma rotina de autocuidado para a sua saúde física e mental.

A importância das atividades físicas no ambiente de trabalho

Quem pensa em resultados precisa cuidar de quem os produz. As empresas precisam contribuir para que seus colaboradores adotem hábitos saudáveis dentro e fora do ambiente de trabalho. 

Pensando estrategicamente, quando o gestor de RH coloca em prática um programa de atividade física no ambiente de trabalho, ele contribui para o engajamentoevita afastamentos e até mesmo substituições de funcionários. 

Doenças ligadas ao sedentarismo podem gerar desdobramentos graves para a saúde. Então, por quê não contribuir para reduzir riscos em pessoas que estão todos os dias trabalhando juntas? Não se trata apenas de benefício para melhores resultados, mas de estabelecer um ambiente de trabalho no qual se prioriza que hajam funcionários felizes, onde impera uma relação humanizada, respeitosa e empática, com saúde organizacional Em resumo: somente benefícios.

Impactos na produtividade

De acordo com o HCor, a prática de atividades físicas tem relação com a melhoria do desempenho cerebral. Conforme praticamos exercícios, vamos adquirindo alguns benefícios para o corpo:

  1. Melhoria nas funções cognitivas e sensoriais do cérebro;
  2. Redução da degeneração celular;
  3. Otimização do fluxo sanguíneo no cérebro;
  4. Redução de sintomas de depressão e ansiedade;
  5. Melhoria no humor;
  6. Aumento da motivação.

Precisa dizer mais alguma coisa? O conjunto de todos esses fatores ajuda a desenvolver uma pessoa mais saudável e faz aumentar a produtividade, além de aumentar o preparo mental para o desempenho das atividades.

Alternativas para uma rotina mais saudável do seu colaborador

A saúde dos colaboradores faz parte das preocupações do RH, e cabe ao gestor buscar soluções. Assim como com os benefícios flexíveisintroduzir projetos de atividade física é uma boa forma de dar um start na melhoria da saúde dos funcionários.

A questão é que esse tipo de solução é curta e nem sempre tem adesão em massa. Sendo assim, o jeito é pensar nos benefícios Soluções com academias são uma forma interessante de estimular os colaboradores a cuidar da saúde, ainda mais se for possível contar com empresas de ponta. 

O TotalPass é parceiro da Vee Benefícios. Com ele, os colaboradores tem acesso à melhor rede de academias do país com preços super especiais: planos a partir de R$49,90 nas redes Smart Fit, condições exclusivas em academias como Bio Ritmo e diversas atividades físicas (yoga, pilates etc) com aproximadamente 400 pontos físicos disponíveis e à disposição para uso.

Entre em contato com a Vee Benefícios e descubra como a carteira flexível e digital de benefícios corporativos pode auxiliar para que seus colaboradores tenham uma rotina muito mais saudável com as atividades físicas no ambiente de trabalho!

Gostou? Compartilhe