Por que funcionários felizes são bons para empresas e investidores?

Tempo de leitura:

Se você participar de qualquer roda de conversa composta por profissionais de RH, com certeza vai ouvir repetidamente uma série de termos: clima organizacional, motivação, engajamento e muitos outros que fazem parte do seu dia a dia. E não é para menos. Esses profissionais têm cada vez mais certeza de que esses conceitos impactam diretamente na performance do negócio.

Esses três termos são vértices do mesmo assunto. De forma bem simplificada, tratam da felicidade dos colaboradores.

Já faz algum tempo que o mercado acordou para o fato de que cuidar do bem-estar da equipe não é coisa de patrão bonzinho. Além de ser uma decisão saudável para todos, investir em funcionários felizes reflete diretamente na produtividade, no aumento das vendas, na qualidade do atendimento ao cliente, na retenção de talentos e no sucesso organizacional. Como consequência, é altamente positivo para gestores e investidores.

Mas como isso acontece? Neste artigo vamos refletir um pouco sobre as razões de pessoas felizes e alto desempenho andarem de mãos dadas.

Funcionários felizes podem ser o caminho para o sucesso

A afirmação de que pessoas felizes e de bem com a vida rendem mais é quase um lugar comum. É algo que instintiva e subjetivamente todos sabem. Felizmente, essa impressão é validada por uma série de pesquisas.

É o caso de um estudo realizado com funcionários da Britsh Telecom e divulgado pelo The Economist. Pesquisadores da Universidade Erasmus, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts e Escola de Negócios Saïd tentaram estabelecer a relação entre felicidade e produtividade.

Participaram 1,8 mil vendedores de 11 call centers britânicos durantes seis meses. O resultado mostrou que, em semanas felizes, eles eram mais produtivos ao realizar chamadas e mais eficientes ao converter contatos em vendas. A variação ultrapassou os 13%.

Investimento em bem-estar garante ações mais saudáveis

Na mesma matéria, o The Economist apresenta uma tendência entre empresas que investem no bem-estar dos colaboradores e a capacidade delas em dar retorno aos investidores.

Analistas da Merrill Lynch Global Research concluíram que abordar o tema internamente pode colaborar na melhora da relação risco-benefício da empresa. Isso porque empresas bem avaliadas pela própria equipe tem ações, em média, 5 pontos acima das mal ranqueadas.

A Forbes aponta na mesma direção. Segundo dados divulgados pela revista, os funcionários satisfeitos são até 20% mais produtivos do que os insatisfeitos. O impacto é ainda maior quando o assunto é vendedores: chega a 37%.

No mesmo material ela revela que as ações das "100 Melhores Empresas para Trabalhar", segundo o ranking da Fortune, têm melhor desempenho na bolsa. Suas ações subiram 14% entre os anos de 1998 e 2005, enquanto as empresas que não estão na lista relataram aumento médio de 6%.

Remédio contra o mal da rotatividade

Iniciativas relativas à qualidade de vida dos colaboradores, como benefícios flexíveis, garantem menor turnover. Na prática, significa funcionários felizes e ocupando por mais tempo seus postos de trabalho. Para a empresa, isso significa redução de custos e, consequentemente, maior resultado operacional.

Isso acontece devido aos altos custos que processos seletivos, treinamentos e integração de novos colaboradores representam. Segundo pesquisa do Work Institute, a folha salarial pode ter um terço de acréscimo em momentos de alta rotatividade.

7 estratégias para ter funcionários mais felizes

  1. Valorize funcionários e colaboradores;
  2. Crie estratégias de empoderamento;
  3. Escute suas opiniões;
  4. Dê liberdade e flexibilidade;
  5. Vá além dos benefícios padronizados e desenvolva uma política de benefícios flexíveis;
  6. Invista em diversidade;
  7. Recompense por desempenho e produtividade.

Esses são alguns pontos que envolvem a nova consciência na gestão de pessoas sobre a importância de ter funcionários felizes. Não esqueça que sentimento de valorização passa pelo esforço em entender as necessidades de cada colaborador e oferecer soluções flexíveis.

Por isso, não perca tempo e deixe seu ambiente — ainda mais — acolhedor e produtivo com a ajuda da Vee! Conheça mais sobre os benefícios flexíveis para a sua empresa!

Seja Você Vee

Comentários