O que é remuneração estratégica e como ela funciona na prática

Tempo de leitura: 5 min
Entenda o significado de remuneração estratégica nas empresas

Para engajar seus colaboradores, atrair e reter talentos, é essencial que a sua organização conte com uma remuneração estratégica. A partir da aplicação dessa técnica, o seu negócio consegue fortalecer a cultura, se tornar mais competitivo e reduzir custos operacionais, impactando o seu desempenho.

Parte da gestão de pessoas, a remuneração estratégica é implementada por empresas de destaque no mercado. Amazon, Nubank, Google e Netflix são exemplos práticos de organizações que sabem como colocá-la em prática de maneira inteligente e eficaz.

Neste artigo, você vai aprender mais sobre como funciona a remuneração estratégica e como adotá-la no seu negócio. Aproveite a leitura!

banner livee

O que é a remuneração estratégica?

Remuneração estratégica é uma técnica de People Management que implementa recursos diferenciados para atrair e reter talentos no seu negócio. Essa gestão de benefícios está diretamente relacionada ao plano de carreira de um colaborador, bem como ao fortalecimento da cultura e a consolidação de um clima organizacional favorável.

Ela é uma das principais ferramentas de Employer Branding (Marca Empregadora) e deve ser construída considerando a experiência do colaborador no negócio. Para tanto, é fundamental que a construção da remuneração estratégica seja feita a partir de estudos aprofundados sobre o seu headcount (quadro de pessoal) e as boas práticas do mercado.

Quais são as principais estratégias da remuneração estratégica?

Para que você consiga começar o seu projeto de implementação da remuneração estratégica, é essencial que conheça quais são as suas categorias. Não existe um modelo predefinido que seja o ideal. O mais interessante é mesclar todas as modalidades, alterando somente a sua proporção dentro da estratégia. Isso vai depender diretamente do resultado do diagnóstico do seu headcount e das necessidades na sua empresa.

Benefícios não monetários

Os benefícios não monetários são aqueles que são oferecidos no formato de serviços ou vantagens para o colaborador. Plano de saúde e plano dentário são os mais comuns nesse modelo. No entanto, hoje, já é possível encontrar novas opções de benefícios não monetários, como os clubes de descontos.

Com o cenário pós-pandemia, uma tendência que deve se firmar como benefício não monetário é o trabalho em home office e a jornada flexível. Esses são tipos de vantagens que agregam muito valor ao seu negócio, uma vez que grande parte dos novos profissionais, pertencentes às gerações Y (nascidos entre as décadas de 1980 e 1990) e Z (nascidos após 1995 até 2010) valorizam mais a qualidade de vida que um salário alto.

Participação nos lucros e resultados

Conhecida também como PLR, a participação nos lucros e resultados é um dos diferenciais na remuneração estratégica que atrai e retém muitos talentos no negócio. O motivo disso é porque o valor a ser recebido pelo colaborador está diretamente relacionado à meritocracia. Geralmente, ele é amarrado ao contrato de gestão do colaborador e ao desempenho da plataforma de negócio.

É interessante atrelar a PLR ao contrato de gestão, uma vez que o gestor consegue desenvolver as habilidades do colaborador, além de melhorar a sua performance e a da empresa. Faça esse desenho em parceria com o seu liderado e conte com os seus indicadores de People Analytics (Análises de Pessoas).

Gamificação

Gamification ou gamificação é uma estratégia de gestão de pessoas que foca na implementação de recursos de jogos no dia a dia do colaborador. Ela atua em diversas frentes fundamentais para o desempenho do negócio e impacta diretamente no engajamento.

Com a sua metodologia divertida, ela facilita o processo de aprendizagem e estimula a autogestão dos colaboradores. Além disso, quando aplicada da maneira ideal, é uma ferramenta que favorece a colaboratividade da sua equipe, inclusive no bom relacionamento com outras áreas. É um recurso poderoso para melhorar a qualidade do clima corporativo, retendo mais talentos.

Campanhas de incentivo

As campanhas de incentivo são muito utilizadas em equipes que trabalham com vendas. No entanto, podem ser adaptadas também em áreas estratégicas que lidam diretamente com os custos do negócio. Esse modelo de remuneração estratégica também costuma adotar a técnica da gamificação e concede premiações aos seus colaboradores.

Elas podem ser tanto na modalidade monetária como em brindes ou prêmios mais elaborados, como é o caso de viagens. Geralmente, o tipo de prêmio depende das metas batidas e do nível hierárquico do colaborador. As campanhas de incentivo são recursos que ajudam a otimizar a produtividade e o trabalho em equipe.

Benefícios flexíveis

Os benefícios flexíveis são a opção mais adequada para agradar a todos os seus colaboradores, que recebem um saldo único e podem usar do jeito que quiserem, seja alimentação, refeição, academia e até mesmo terapia e pagamento de boletos. Isso dentro dos parâmetros que a empresa determinar, seguindo convenções coletivas e as regras do PAT. Autonomia, liberdade e flexibilidade para o seu colaborador.

É interessante destacar que essa é uma tendência no mercado, já que os benefícios flexíveis conversam com as novas gerações. Elas querem ter voz e oportunidade de decidir. As gerações Y e Z querem liberdade e valorização do aspecto humano. Essa modalidade de remuneração estratégica consegue tudo isso e mais um pouco.

Como aplicar remuneração estratégica na organização?

Agora que você já sabe quais são as principais categorias de recursos que podem ser aplicadas em um planejamento de remuneração estratégica, é a hora de aprender como colocá-la em prática. A seguir, você vai poder conferir um passo a passo com dicas essenciais para acertar nesse processo. Confira!

Analise as personas

Você sabe quem são as personas internas do seu negócio? O trabalho conjunto da equipe de comunicação corporativa com o RH é essencial para identificar quem são elas. Faça a construção e análise das personas. É por meio desse estudo que você vai conseguir fazer um diagnóstico preciso e melhorar a qualidade das suas decisões nessa e em outras demandas. Potencialize esse estudo com o People Analytics.

Mapeie a jornada do colaborador

A jornada do colaborador deve estar mapeada. Na prática, ela corresponde a todo o ciclo de vida do profissional com a sua marca empregadora. Algumas empresas consideram isso a partir do primeiro contato do talento por meio da divulgação de vagas e outras a partir do início do seu onboarding (embarque). O encerramento desse ciclo acontece quando ocorre o desligamento.

Compreender como ela acontece para o talento do seu negócio é essencial para conseguir compreender melhor o que ele espera da sua empresa. Além disso, a organização vai conseguir identificar outros gaps que podem ser otimizados e potencializar os resultados da remuneração estratégica.

Aplique pesquisas de clima

As pesquisas de clima são ferramentas primordiais para qualquer negócio que deseja conquistar a alta performance. Isso acontece porque elas permitem identificar a qualidade do relacionamento entre a marca e seus colaboradores. Na prática, inclusive, ela ajuda a avaliar como tem sido a postura dos gestores e como os liderados percebem o posicionamento dos valores e da cultura da empresa. Associe elas à pesquisa de Employee Net Promoter Score, ou eNPS (Índice Líquido do Colaborador Promotor).

Busque referências no mercado

O que o mercado pratica atualmente? Fazer um benchmarking (buscar referências com outras empresas, geralmente, com reuniões para um bate-papo) é uma decisão inteligente se você quer ir direto ao alvo. É interessante conhecer empresas que tem um público parecido com o seu e que, principalmente, são destaques em resultados de alta performance.

Você já pôde ver que os benefícios flexíveis são uma das principais tendências em remuneração estratégica. Com o home office se firmando como uma nova modalidade de trabalho, ter flexibilidade nos benefícios é fundamental. Na Vee Benefícios, os seus colaboradores contam com Beneflex (benefício flexível) acompanhado de outras vantagens exclusivas, como:

  • cartão Mastercard, que é aceito em mais de 2 milhões de estabelecimentos;
  • condições especiais na Zenklub, afinal, qualidade de vida e saúde emocional é um diferencial;
  • descontos para acesso à NewValue;
  • a opção de poder contratar um crédito consignado com taxas que cabem no bolso;
  • descontos em academias por meio da TotalPass;

Com os benefícios flexíveis, o seu negócio se torna mais competitivo e se destaca no mercado. Vem para a Vee e comece a atrair e reter os melhores talentos agora mesmo!

Gostou? Compartilhe

Quer conhecer mais sobre os benefícios flexíveis da Vee? Preencha o formulário e entraremos em contato com você.