Como a Vee se tornou um GPTW em meio à pandemia da COVID-19

Tempo de leitura: 4 min
Como a Vee foi certificada pelo GPTW em meio à pandemia

Mesmo com muita gente qualificada no mercado, nem sempre as empresas encontram profissionais no momento certo. E, quando conseguem, ainda precisam oferecer benefícios suficientes para motivá-los e retê-los em seus quadros funcionais. O GPTW surgiu, justamente, para dar uma força nesse desafio.

O GPTW (Great Place to Work) é uma certificação internacional concedida às empresas que oferecem os melhores ambientes organizacionais. O selo, criado em 1991, está presente em mais de 60 países ao redor do mundo. 

Veja como funciona esse processo, e como a Vee se tornou uma ótima empresa para se trabalhar mesmo durante a pandemia. Boa leitura!

Como é processo para obter o selo GPTW que a Vee recebeu? 

O primeiro passo para a empresa obter a certificação é realizar um diagnóstico sobre a qualidade do ambiente e da cultura organizacional. Para isso, a GPTW oferece uma avaliação total da organização.

Esse teste é feito através de um relatório, que dá ênfase a 3 aspectos: 

  1. A percepção que os funcionários têm sobre a sua área e seus gestores diretos;
  2. A forma como os funcionários percebem a organização como um todo, bem como sua alta direção;
  3. A média das avaliações de todas as empresas de um determinado grupo. Participam todas as empresas premiadas entre as 150 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil.

Para conseguir o selo, a empresa precisa atingir nota mínima de 70. Ou seja, 7 entre 10 funcionários devem estar satisfeitos com a organização. 

As empresas que atingirem essa pontuação estarão certificadas por 12 meses e serão elegíveis ao ranking das Melhores Empresas para Trabalhar.

Leia mais: 5 lições pós-pandemia que as empresas podem aprender com a Mastercard

Quais os critérios avaliados na pesquisa GPTW? 

Ao todo, são avaliados 5 critérios distribuídos em 3 dimensões: 

Primeira dimensão 

Diz respeito à relação entre colaborador e gestor. Nesse momento são analisados os seguintes quesitos:

  • Credibilidade: Avalia se os funcionários consideram seus gestores confiáveis quanto a sua  comunicação, integridade e competência;
  • Respeito: Demonstra se os funcionários se sentem respeitados por seus gestores. Para isso, são monitorados os níveis de suporte que os colaboradores recebem de suas lideranças;
  • Imparcialidade: Refere-se à justiça percebida pelo funcionário no ambiente de trabalho.

Segunda dimensão

Evidencia como o funcionário se sente quanto ao trabalho realizado na empresa. Fala do seu sentimento de orgulho para com as suas responsabilidades. 

Terceira dimensão

Trata-se das relações entre os pares. Mostra o grau de companheirismo, o quanto o colaborador aprecia as pessoas com as quais trabalha.

E o que acontece após essa avaliação? 

Com os dados da pesquisa, já é possível aplicar uma métrica de satisfação chamada Net Promoter Score (NPS). Consiste em responder a seguinte pergunta: 

  • “De uma escala de zero a 10, o quanto você recomendaria essa empresa para um amigo?” 

O resultado é dado através da diferença entre os percentuais de satisfação e insatisfação. Para a resposta, é importante que se haja espaço para comentário aberto (não obrigatório). Dessa forma, os respondentes podem dizer o porquê da nota.

Veja como foi o resultado da pesquisa GPTW da Vee Benefícios!

79% dos colaboradores responderam a pesquisa do GPTW sobre a Vee. Destes, 94% se declararam satisfeitos com as respectivas áreas e 91% com a empresa em geral. Esses números superam o benchmark dos 150 melhores GPTW Nacional 2019, que foi 87%. 

Os resultados da pesquisa também podem ser avaliados por agrupamentos, como cargo, idade e gênero. Na hora de responder, o próprio entrevistado escolhe o seu agrupamento. 

Para ter os seus resultados divulgados, os grupos precisam ter, no mínimo, 5 respondentes. Isso proporciona confiança a quem responde, pois o funcionário inseguro, temendo represálias, tende a se alocar em grupos que não é o seu.

Vantagens que os benefícios flexíveis trouxeram para o GPTW

Sabemos que os benefícios flexíveis são um importante fator motivacional para os colaboradores. Aqueles que produzimos para os nossos clientes e, claro, para o nosso time. Afinal, quando a empresa personaliza as vantagens, mostra que se preocupa com o que é prioridade para a vida de cada trabalhador. Esse posicionamento auxilia muito a retenção de talentos.

“Entre os princípios da Vee estão o ‘pensamento de dono’ e o ‘sempre é o primeiro dia’. Nosso time trabalha com autonomia e liberdade para dar ideias e sempre com aquele brilho nos olhos de estar começando algo novo. Isso realmente acontece aqui e torna o ambiente de trabalho muito bom”, conta o CEO e cofounder da Vee Raphael Machioni.

E isso é o que acontece na Vee. Os resultados de nossa pesquisa comprovam o engajamento e satisfação que os benefícios flexíveis proporcionam. Afinal, se somos um GPTW, é porque, de fato, nossos colaboradores pensam isso. 

Na Vee, trabalhamos para que as empresas sejam lugares melhores e mais atrativos para se trabalhar. E isso começa da porta pra dentro. Ser certificados GPTW mostra o nosso compromisso com o Employee Experience e com tornar o ambiente de trabalho melhor para o nosso time e, consequentemente, para os nossos clientes.”, explica o Founder da Vee, Marcelo Ramos.

Como para todas as empresas, a pandemia de Covid-19 é um desafio para o time da Vee, que agora trabalha em esquema de home office. Mas ao invés de ser encarada como dificuldade, a gestão remota acabou sendo uma oportunidade para o time desenvolver mais skills e inclusive confirmar ainda mais a importância da flexibilidade de benefícios. O Head de Growth e cofounder Eduardo Haidar explica:

“Temos como meta fazer o cliente dizer “uau” quando utilizar a Vee, e saber que ele não vai ficar sem benefício durante a pandemia, com tantos estabelecimentos fechados, já é um uau. Saber que trabalha em algo tão relevante na vida das pessoas é um motor para o nosso time”.

O que fazer com os resultados do GPTW? 

O primeiro passo é estabelecer as prioridades para que as ações possam ter efetividade. Recomenda-se, primeiramente, dar atenção aos seguintes aspectos: 

  • Médias mais baixas da organização;
  • Análise dos comentários (causa e efeito);
  • Principais gaps com a organização e benchmark.

Com esses resultados, os gestores devem evitar assumir sozinhos a responsabilidade por eventuais mudanças necessárias. Reagir de forma impetuosa também não será produtivo.

Em vez disso, é fundamental que a organização se concentre em seus pontos fortes. Dessa forma, conseguirá alavancá-los e utilizá-los para corrigir fragilidades.

Acesse nosso site e conheça tudo o que a Vee Benefícios pode fazer por sua empresa!

Gostou? Compartilhe

Quer conhecer mais sobre os benefícios flexíveis da Vee? Preencha o formulário e entraremos em contato com você.