As vantagens de usar soluções digitais no Marketing de Incentivo

Tempo de leitura: 3 min
As vantagens de usar soluções digitais no Marketing de Incentivos

Campanhas de marketing de incentivo são fundamentais para aumentar vendas em muitas empresas de ponta. Como observamos anteriormente aqui no blog, existem muitos formatos de pagamento de benefícios e mesmo os mais utilizados atualmente apresentam muitos problemas de logística e/ou de adesão dos colaboradores.

Portanto, neste artigo veremos algumas dificuldades enfrentadas pelos gestores e como as carteiras digitais podem ser a solução para garantir o resultado esperado das campanhas de incentivo de forma fácil, descomplicada, sem dores de cabeça e com muita economia!

Carteira digital: a evolução do pagamento de benefícios

A forma mais utilizada para realizar o pagamento dos benefícios previstos em campanhas de marketing de incentivo hoje em dia são os cartões físicos pré-pagos. Eles surgiram para facilitar a vida dos gestores em um momento ainda pré-digital. Solucionaram alguns problemas comuns a outros formatos, porém, ainda fazem com que os responsáveis precisem gastar longas horas para gerir os repasses – isso sem falar nos custos e na gestão desses cartões!

Embora os cartões ofereçam a opção do pagamento de contas como dinheiro, existem alguns pontos fracos sob a ótica dos realizadores das campanhas. O processo todo pode ser bastante burocrático e oneroso!

Um exemplo simples:

Uma marca de smartphones decide premiar todos os vendedores de lojas parceiras que comercializarem seu novo modelo a fim de ajudar na atração e retenção dos talentos das empresas. São 500 pessoas elegíveis espalhadas por 15 estados brasileiros. É necessário já no início da campanha adquirir, nomear e distribuir as cinco centenas de cartões sem saber quais realmente serão premiados. Entre a compra e o pagamento efetivo dos repasses, são 15 passos que a equipe responsável precisa seguir. Isto aumenta – e muito – a chance de erros! E se imaginarmos que 5% extravie seus cartões, serão 25 reemissões. Quanto tempo é despendido em todo este processo?

O problema, entretanto, não é só em relação ao tempo e ao trabalho exigido dos setores de marketing e RH, mas principalmente em relação ao custo. Vamos supor que no cenário descrito acima a premiação seja de R$ 60,00. O custo por repasse acabará sendo de quase R$ 30,00. É um terço do investimento final perdido em um grande processo burocrático!

Soluções digitais são o futuro – e presente – das campanhas de marketing de incentivo

As startups são conhecidas por apresentarem soluções inovadoras, ou seja, mais eficazes, ágeis e baratas, para problemas antigos. Com as campanhas de incentivo não é diferente. Os problemas ocasionados pela gestão centrada em objetos físicos, como os cartões pré-pagos, podem ser driblados de forma bastante prática e descomplicada. Para isso, porém, é necessário revisar completamente a mecânica atualmente utilizada para o pagamento dos benefícios.

A carteira digital, como o nome diz, oferece a possibilidade de os colaboradores terem seus repasses de incentivos disponíveis em um meio digital. Com um aplicativo fácil de navegar e disponível para smartphones, empresa e funcionários têm acesso e administram os pagamentos. Assim, este formato conta com todas as vantagens de se receber o prêmio em tempo real.

No momento em que a campanha de trade marketing é fechada, todos os premiados têm a disponibilidade dos valores. Assim, logo de imediato eles podem fazer o resgate do prêmio através do pagamento de boletos e/ou realizar transferências. Todos os envolvidos recebem notificações diretamente em seus smartphones – tornando-o um importante canal de comunicação! Além dos benefícios ao colaborador, que garantem aderência às campanhas, a carteira digital poupa dois dos principais ativos de qualquer negócio: tempo e dinheiro – proporcionando também maior atração e retenção dos talentos da empresa.

Essa dinâmica digital faz com que o tempo gasto pelos organizadores da campanha de incentivos caia vertiginosamente, uma vez que o sistema automatiza a maior parte dos processos. É possível, por exemplo, gerir todo o saldo administrativo das campanhas pelo app. O resultado é uma rotina otimizada para os gestores de trade.

Essa redução de necessidades logísticas tem reflexo direto no custo final do repasse de incentivos. Afinal, o processo é muito mais enxuto, demanda muito menos envolvimento de mão de obra e tem grande escalabilidade!

A Vee é uma fintech brasileira que tem como missão ser a carteira digital do trabalhador. Oferece uma série de soluções relacionadas ao pagamento de colaboradores, principalmente às campanhas de incentivo. Quer saber mais, então entre em contato conosco

Gostou? Compartilhe

Como a tecnologia ajuda a reduzir custos com campanhas de marketing de incentivo

Tempo de leitura: 3 min
Dicas para redução de custos em campanhas de marketing de incentivo

Se você está lendo esse artigo, é porque conhece a importância das campanhas de marketing de incentivo para o desempenho do seu negócio. Você já parou para pensar em todos os custos e gestão de pagamentos embutidos nestas ações?

Resultados vs. despesas: como fazer a gestão de pagamentos

As campanhas de marketing de incentivo são uma grande ferramenta quando o assunto é aumentar o desempenho e alcançar metas. Elas estão no planejamento estratégico de todas as grandes empresas que se destacam no cenário mundial. Na prática, porém, uma série de custos embutidos podem impactar no resultado final destas ações.

Normalmente, essas despesas estão diretamente relacionadas com o meio de pagamento escolhido para efetuar os repasses à equipe. Embora a gestão de pagamentos seja apenas a última parte da campanha – na teoria – o formato escolhido impacta todo seu planejamento e, principalmente, o custo total.

Os meios de pagamento analógicos e tradicionais necessitam, por sua natureza, de uma série de passos e esforços de gestão / logísticos. Todas as etapas indispensáveis a essas modalidades trazem suas próprias despesas. E nem sempre são poucas!

Esses custos embutidos são realmente necessários? Não! Isso porque felizmente, tecnologia e inovação conseguem promover respostas melhores, mais rápidas e mais baratas às campanhas de incentivo!

Custos atrelados podem ser vilões para o desempenho da campanha de marketing de incentivo

Vamos pensar um pouco sobre os custos atrelados e ver como é possível reduzir custos de campanhas de trade.

Uma das modalidades mais utilizadas pelas empresas hoje em dia é o cartão físico pré-pago. Mas além da taxa administrativa, comum em todos os meios de repasse, também temos aqui os custos de emissão dos cartões.

E não para por aqui! Por exemplo, a distribuição desses itens para todos os participantes da campanha é muitas vezes uma longa jornada (podem chegar a mais de dez passos). Em um país do tamanho do Brasil, é fácil concluir que isso pode gerar despesas consideráveis.

Entenda como é o fluxo de contratação atual para o repasse de incentivos de uma campanha utilizando cartões físicos

Essa necessidade burocrática impacta também o custo de gestão. É necessário que um ou mais colaboradores realizem essa série de ações. Com isso, deixam de executar suas atividades-fim e gastam tempo com cada mínimo passo exigido pelo processo.

Além disso, é bem comum que alguns cartões sejam extraviados pelos participantes. Isso significa, mais despesas. Em alguns formatos de campanhas, o custo atrelado aos cartões físicos pode chegar a 30% do total da verba!

Quando a premiação é paga em produtos, o cenário não é muito diferente. A logística também pode ser pesada e, nesse caso, entram outras questões, como a administração de estoque. E nem todos os negócios possuem espaço para uma centena de smarts TV ou algumas motocicletas, só para citar dois exemplos. Isso sem falar na necessidade fiscal relativa à entrega desses produtos.

Carteira digital: melhor, mais rápido e mais barato!

Você já conhece alguns dos custos relativos ao repasse de campanhas de incentivo e sabe que grande parte deles é atrelada ao meio de pagamento escolhido. Sendo assim, será que existe alguma opção em que esses custos podem ser reduzidos? A resposta é sim!

A boa notícia é que já existem soluções tecnológicas propostas por fintechs capazes de reduzir custos de campanhas de incentivo através de pagamentos digitais. Assim, esse mercado também conta com soluções inovadoras desenvolvidas por startups capazes de melhorar a gestão em todos os aspectos.

Já ouviu falar na carteira digital do colaborador? O nome diz tudo: um aplicativo que concentra diversas ferramentas para auxiliar nos pagamentos de benefícios corporativos e incentivos aos profissionais. Quando o assunto é repasse de incentivos, o app descomplica o processo, tornando ainda desnecessário todo o desgaste burocrático e logístico das antigas opções – cartões físicos e lojas virtuais para troca de pontos por produtos, vouchers etc.

Somente essa simplificação da gestão já representa uma imensa economia, pois automatiza processos e libera o tempo dos profissionais. Sem contar o corte de custos com envio, emissão e reemissão de cartões. Resumindo, custo operacional zero! Entretanto, a estrutura enxuta e os processos disruptivos de uma startup vão mais longe e conseguem taxas de administração abaixo da média de mercado.

Além de otimizar e desburocratizar todos os processos de uma campanha de trade, ainda reduz significativamente as despesas. Como gastos desnecessários são uma preocupação constante e prioridade em negócios com gestão voltada ao resultado, o pagamento digital pode ser um aliado na busca pelas metas financeiras!

Os resultados proporcionados por soluções tecnológicas aliados à redução de custos fazem campanhas de marketing de incentivo o próximo mercado a conhecer definitivamente a transformação digital. Lembra de quando você pagava contas no caixa do banco? Em breve, será difícil recordar o tempo em que você repassava premiações de outra forma.

Quer saber como a Vee pode ajudar nas suas campanhas de marketing de incentivo? Então entre em contato conosco clicando aqui!

Gostou? Compartilhe