Auxílio creche: entenda mais sobre este benefício

Tempo de leitura: 2 min
auxilio creche: entenda mais sobre este benefício

O auxílio creche, segundo a lei, é direito das mães de bebês menores de 6 meses a ter um lugar onde possam deixar seus filhos enquanto trabalham. Caso a empresa não possua creche em seu espaço físico, deverá pagar uma taxa para que os colaboradores utilizem uma creche externa.

O valor alocado para este fim não pode ser deduzido do empregado. Não é plano de saúde nem vale-transporte, podendo ser pago antecipadamente ou com desconto.

Na Lei de Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), essa obrigação é limitada a empresas com pelo menos 30 mulheres com mais de 16 anos. Mas organizações menores também podem oferecer benefícios para as mães e bem-estar no ambiente organizacional.

Auxílio creche é um direito do colaborador?

Sim, o auxílio creche é um direito previsto nos 1º e 2º do art. 389 da Consolidação das Leis do Trabalho.

O texto afirma que “as organizações com pelo menos 30 mulheres maiores de 16 anos trabalhando” são obrigadas a ter “locais apropriados que permitam aos funcionários o cuidado dos filhos”. Ou então, prestar essa assistência “por meio de creche mantida diretamente ou por meio de convênio com outras entidades públicas ou privadas”.

Este valor é determinado em consulta com o sindicato de cada departamento. Caso essa medida não seja seguida, a empresa pode ser multada em R$ 80,51 a R $805,09 por infração diária. As pequenas empresas, com menos de 30 mulheres empregadas, não estão sujeitas a este requisito.

Mesmo depois de seis meses, inclusive para empresas menores, é uma boa ideia apoiar as mães com auxílio-creche. Veja porque:

Manter talentos

De acordo com levantamento da FGV de 2016, quase metade das mulheres em licença maternidade desligou-se do mercado de trabalho após 24 meses

Os motivos são muitos, mas a verdade é que é preciso trabalhar muito para atrair as mulheres mais talentosas do mercado. Para isso, uma forma é criar um ambiente de trabalho receptivo para as mães e seus filhos.

Mais produtividade

Levantamento feito pela International Finance Corporation em 2018, com dados divulgados pelo jornal El País, constatou que funcionárias de empresas brasileiras, cujos filhos estavam em creches privadas, cometiam menos erros e faltavam menos ao trabalho.

Ou seja, há retorno garantido do investimento na assistência à creche: a dedicação da mãe, sem ela, terá preocupações adicionais que desviaram sua atenção do escritório.

Gostou? Compartilhe

Quer conhecer mais sobre os benefícios flexíveis da Vee? Preencha o formulário e entraremos em contato com você.